Turismo Rural

feira agricultoresPorto Alegre é a segunda capital brasileira com a maior área rural no país, que ocupa cerca de 30 por cento de seu território.

Na Zona Sul, temos um programa importante, implementado pela municipalidade, que é os Caminhos Rurais. Ele faz parte de um projeto mais amplo de turismo da cidade. Várias propriedades foram estimuladas a abrir suas portas à visitação, principalmente nos finais de semana. É uma oportunidade para que os turistas conheçam uma rica gastronomia, com bons restaurantes e produções caseiras. Além dos sítios abertos ao turismo, as plantações de uva e ameixa, rendem festas e feiras na área de Belém Velho, no mês de janeiro. Há também a tradicional Festa do Pêssego, na Vila Nova, no mês de novembro.

Neste “cinturão verde”, temos produção substantiva e apreciável de hortaliças, vegetais e verduras, vendidos nas feiras ecológicas ou entregues diretamente em restaurantes, já que são cultivados sem agrotóxicos ou adubos químicos. Há, no entanto, espaço para expandir e fortalecer este ramo de atividade.

Porto Alegre deveria ter um grande plano de floricultura, porque, apesar de constar como a maior consumidora per capita do Brasil de flores ornamentais, boa parte das flores tem origem em São Paulo, encarecendo seu preço final e deixando de gerar riqueza em nossa cidade.

A zona rural de Porto Alegre é uma dádiva que deve ser preservada, tanto assim que no Plano Diretor estamos mantendo e implementando um processo de apoio e diferenciação para a área rural. Para tanto, o turismo rural é fundamental, pois só quem conhece, protege. E, ao estimular uma renda alternativa para os produtores, que são valorizados em sua cultura e podem vender seus produtos diretamente aos consumidores, garante-se sua permanência na terra e mais saúde e beleza para toda a cidade.

 

Av. Loureiro da Silva, 255/265

Porto Alegre - RS

Fone (51) 3286-5869

Fone (51) 3226-4313

Celular (51) 9933-5309

[email protected]

Desenvolvido por EagleTD